Polícia Civil prendeu jovem suspeito de pedofilia em Mantena. Notebooks, câmera e celular foram apreendidos

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu na tarde de ontem, 4/10, um mandado de busca e apreensão na residência de um jovem de 19 anos suspeito de atos de pedofilia em Mantena.

O objetivo da diligência era averiguar denúncias de que o rapaz mantinha conteúdos relacionados a pornografia infantil e praticasse abusos sexuais contra crianças e adolescentes.

No decorrer da operação os Policiais Civis constataram que um computador pessoal usado pelo suspeito continha vídeos pornográficos envolvendo crianças, e por isso ele acabou recebendo voz de prisão em flagrante.

Foram apreendidos três notebooks, uma câmera filmadora e um telefone celular. O acusado foi conduzido à Delegacia de Polícia de Mantena, onde foi autuado em flagrante, tendo confessado armazenar o material ilícito.

O suspeito foi enquadrado no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, que pune com reclusão de 1 a 4 anos quem adquire, possui ou armazena, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Considerando que as investigações encontra-se em fase inicial e que o vídeo encontrado no computador do acusado não se tratava de abusos sexuais praticados por ele próprio, foi estipulada fiança para que o suspeito responda ao crime em liberdade.

Compartilhar