Policial condenado a 21 anos de prisão foge do presídio militar em Governador Valadares

Um cabo da PM, de 50 anos, condenado a 21 anos por fazer parte de um grupo de extermínio nas cidades de Governador Valadares e Ipatinga, fugiu do presídio militar na noite dessa quarta-feira (8) em Governador Valadares. Segundo informações prestadas pela Polícia Civil, desde o último domingo (5), o homem vinha planejando a fuga contando com a ajuda de seu filho, de 21 anos.

Ainda de acordo com a PC, o foragido teria pedido para fazer uma ligação e aproveitou um momento de distração do militar que fazia a guarda do local para fugir. Ele pulou o muro do batalhão e seu filho o esperava do lado de fora. A polícia começou o rastreamento do veículo e conseguiu receptá-lo na avenida JK. Ao ser questionado, o jovem confessou ter ajudado na fuga de seu pai, e que o foragido iria para Ipatinga durante a madrugada. O rapaz, que não possui carteira de habilitação, foi preso e encaminhado para delegacia de Governador Valadares; o militar, de 37, que vigiava o batalhão no momento da fuga, foi detido pela polícia e responderá a um inquérito. A PM ainda não conseguiu localizar o foragido.

Em nota, a PM diz que medidas administrativas e judiciais serão tomadas contra o PM que fazia a guarda do preso. E ainda disseram que foi instaurado o devido inquérito para esclarecer as circunstâncias de como se deram os fatos, e que diligências policiais continuam, a fim de recapturar o detento.

Compartilhar