Policia Civil prendeu suspeitos e apreendeu 38 kg de pasta de cocaína que vinha para Mantena. Veja o video

 

POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS PRENDE SUSPEITOS EM OPERAÇÃO QUE INVESTIGA TRÁFICO DE DROGAS E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO E EVITA A PRÁTICA DO CRIME DE TRÁFICO INTERESTADUAL

 

A Polícia Civil de Minas Gerais através da Delegacia Especializada de Narcóticos – DENARC prendeu em flagrante, neste domingo (6/1), em Governador Valadares, quatro suspeitos da prática do delito de tráfico ilícito de entorpecente e associação para o tráfico.

A equipe da Polícia Civil obteve informações que um carregamento de drogas estava vindo da cidade de Ituiutaba/MG com destino à região de Mantena /MG, local este onde a droga seria repassada a uma terceira pessoa que a transportaria para Vila Velha/ES.

A fim de prender os suspeitos, a equipe de investigadores seguiu em direção aos veículos suspeitos, abordando-os em uma lanchonete localizada na rodovia MG 381, km 44, sentido Mantena.

 

Durante a abordagem, foi encontrado no veículo Strada aproximadamente 38 barras de substância semelhante à pasta base de cocaína (aproximadamente 38kg de substância entorpecente).

No decorrer das investigações, no intuito de desvendar a autoria e a dinâmica da associação para o tráfico, foi constatado que a propriedade da droga encontrada no veículo é do investigado E.L.N. que comandava a traficância de dentro do estabelecimento prisional onde se encontra por ter sido preso em flagrante em data pretérita pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Além da substância entorpecente foram apreendidos aproximadamente R$ 2.300,00 (dois mil e trezentos reais), em dinheiro, 04 (quatro) aparelhos celulares e dois veículos automotores.

Foram presos em flagrante os quatro envolvidos na prática do crime de associação para o tráfico, sendo autuados pela prática do crime do artigo 35, da Lei 11.343/06, que tem pena de reclusão, de 3 (três) a 10 (dez) anos.

As investigações foram conduzidas pelo Delegado de Polícia Civil, Dr. Cleriston Lopes de Amorim.

 

Fonte: ASCOM – 8º Departamento de Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares